Menu do Site

Problemas de trânsito no entorno da Grendene estão próximos de uma solução

Uma nova reunião envolvendo representantes da Prefeitura de Sobral e da Grendene aconteceu esta semana para definir algumas situações que deverão ser aplicadas no entorno da empresa visando melhoria do trânsito. Convidados a participar do encontro, motoristas e proprietários de ônibus, além do presidente do Sindicato dos Calçadistas, Raniere Araújo, participaram das discussões, oportunidade para o surgimento de novas ideias e esclarecimento de dúvidas.

Dentre as definições técnicas e operacionais, destaque para os seguintes itens:
1. A Prefeitura fará o “acerto” do desnível entre a via e a rampa do estacionamento de ônibus recém construído pela empresa ao lado da portaria da Fábrica 03.

2. Técnicos da CTTU irão providenciar a revisão das sinalizações horizontais e verticais, além do estudo técnico da um possível contrafluxo na Av. Paulo de Almeida Sanford em horário de troca de turno. Avaliarão também o que precisa ser feito na esquina da Av. José Custódio de Azevedo com Av. Pimentel Gomes, nas imediações do Clube Bangu

3. Os motoristas de ônibus reclamaram das arbitrariedade cometidas sobretudo pelos condutores de motos fazendo conversão irregular no entorno da empresa, ou realizando ultrapassagem pela direita, o que pode ocasionar acidentes. Foi solicitado que a prefeitura disponibilize Agentes de Trânsito para gerar auto de infração nos horários de troca de turno.

4. Motoristas também relataram que as vezes esperam mais de 30 min por um único funcionário que fica preso em reunião após o expediente de trabalho. A Grendene fará investigação sobre esse aspecto.

5. A Prefeitura, através da CTTU, fará ações de Educação no Trânsito junto aos motoristas de ônibus com o intuito de mostrar o trajeto a ser utilizado pelos ônibus durante a troca de turnos, indicar as sinalizações verticais e horizontais instituídas e a forma correta do uso das baias que serão implantadas para os ônibus objetivando a colaboração dos motoristas.

6. Os motoristas mostraram preocupação sobre a possibilidade de formação de filas de ônibus que deverão surgir na Av. José Custódio de Azevedo que é estreita e não muito segura (moradores já colocaram pedras na rua para impedir o fluxo de ônibus).

7. Motoristas reclamaram dos “carros de som” que ficam parados constantemente nas trocas de turno fazendo publicidade. Secretário Pedro Aurélio falará com a Secretaria de Urbanismo sobre assunto

8. Para a Prefeitura ficou clara a necessidade da presença de Agentes de Transito nas trocas de turno para regularizar a situação das vias próximo às Portarias da Grendene.


9. Foi solicitado para a Prefeitura aumentar o tempo do semáforo próximo ao CAIC. Atualmente passa um ônibus por fase dificultando a vazão.
Divulgue

Poste um comentário: