Menu do Site

Guarany de Sobral empata com o Náutico e se classifica

Atacante Reinaldo comemora primeiro gol com a camisa do Guarany (Foto: Alexandre Frota)

O empate de 1 a 1 no estádio do Junco na noite desta quinta-feira foi suficiente para o Guarany de Sobral passar às quartas de final da Copa do Nordeste. O time foi aos nove pontos e garantiu a liderança do grupo D e a participação no mata-mata. Os cearenses vão enfrentar outra equipe pernambucana no Nordestão, pois o Santa Cruz ficou em segundo lugar no grupo B.


A presença do Guarany-CE na próxima etapa da competição foi justificada em campo nesta quinta-feira. Após um primeiro tempo equilibrado, os cearenses não deram espaço aos alvirrubros depois do intervalo e só não saíram da partida com a vitória graças à boa atuação do goleiro Alessandro. Coube ao camisa 1 do Náutico impedir um placar elástico a favor do Guarasol.


O Náutico, por sua vez, ficou apenas com seis pontos e adeus à Copa do Nordeste. O Timbu, que jogou com uma equipe mista devido a problemas médicos e físicos de seus principais atletas, terá que se contentar com o Campeonato Pernambucano. Na próxima segunda-feira, o time irá enfrentar o Sport pelo estadual. A desclassificação do Nordestão "ajudará" os alvirrubros a apostar todas as fichas na competição local, cujo último título do clube foi conquistado em 2004.


A partida desta noite correu o risco de não ser realizada. O presidente do Náutico entrou com um pedido junto à CBF para que o jogo fosse adiado para esta sexta. No entanto, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) indeferiu a solicitação sob o argumento de que o pedido foi feito em cima da hora.


Além do Guarany-CE, o outro classificado do grupo D foi o Sport. O rubro-negro pernambucano venceu o Botafogo-PB na Ilha do Retiro e pegará o CSA nas quartas de final do Nordestão.


Times dispostos e dois gols


Na etapa inicial, o primeiro chute a gol foi do Náutico, com João Ananias, em cobrança de falta aos sete minutos. O Guarany-CE demorou a arriscar, mas foi mortal no ataque. Aos nove, após uma cobrança de escanteio, Reinaldo subiu livre de marcação para abrir o placar. Os visitantes não se entregaram e, aos 19, Marcos Vinicius chutou de longe para empatar. Com a igualdade no placar, os times passaram a se revezar no ataque dando trabalho aos goleiros rivais.


O primeiro tempo chegou ao fim com boas oportunidades para os dois times. No Náutico, as jogadas tinham, na maioria das vezes, o meia Marcos Vinicius como protagonista. Pelo Guarany-CE, o atacante Thiago Furlan era o homem de referência. Reinaldo também deu bastante trabalho ao goleiro Alessandro, que impediu que o Timbu de ficar atrás no placar em pelo menos dois momentos.


Pressão rubro-negra


O segundo tempo começou da forma como a etapa inicial terminou: com as equipes dispostas a buscar o ataque e o segundo gol. Precisando mais da vitória, já que o empate classificava o Guarany-CE, o Náutico teve dificuldades para furar a defesa adversária. Aos 11, o atacante Adriano, que tinha acabado de entrar no jogo, ampliou o placar para os cearenses. O juiz, no entanto, invalidou o lance. Percebendo o vacilo do Timbu no jogo aéreo, logo ele voltou a assustar o goleiro Alessandro dois minutos depois.


O goleiro do Náutico mostrou bom reflexo novamente quando Reinaldo ficou de frente para o gol. o camisa 1 "cresceu" na barra e defendeu um chute a queima-roupa do rival. A blitz do Guarany-CE se intensificou e aos poucos o time foi empurrando os pernambucanos para o seu campo de defesa. O único bom momento do Timbu ocorreu aos 24 minutos, quando Helder também ficou de frente para o gol. No entanto, o atleta se enrolou na jogada. Após esse lance, os donos da casa voltaram a ser superiores, mas pararam nas mãos de Alessandro em todas as tentativas de tirar a igualdade do placar.


Fonte: Globoesporte
Divulgue

Poste um comentário:


Desenvolvido Por Agência Digital Pro Code