Menu do Site

Flagrantes da Cidade

É impressionante como mesmo diante de todos os avanços obtidos pela humanidade nos últimos anos, muitas pessoas ainda não conseguiram adquirir um nível de civilidade que os permita viver em harmonia com as outras pessoas e o meio ambiente. Em Sobral, chama a atenção de qualquer pessoa sensata, a incapacidade de muitos munícipes em saber administrar uma coisa tão banal, o lixo doméstico produzido por ele mesmo no seu dia a dia.

Nesta quinta-feira (6), enquanto saia de uma padaria na Av. do Contorno, fui chamado a atenção de uma moradora da área para a questão da sujeira promovida pelos próprios moradores da área no canteiro central da avenida. Segundo ela, depois que a Prefeitura retirou o container que ficava na esquina do Centro de Convenções, as pessoas passaram a depositar suas sacolas de lixo no canteiro, que não é limpo como deveria pelas equipes da PMS.

“Rubens, peça a Prefeitura para recolocar a lixeira. Era ruim com ela, é verdade, mas sem ela ficou pior ainda”, enfatizou.

A Opinião do Blogueiro

A cena se repete em vários pontos da cidade todos os dias. Nos bairros da periferia, e nos bairros que concentram a chamada ‘elite da cidade’. Há falhas na coleta municipal? Há. Mas é fácil perceber que são falhas pontuais. No todo, a limpeza urbana de Sobral funciona bem, mas falta a cooperação das pessoas, que não se conscientizam de que podem reter suas sacolinhas por algumas horas antes da passagem do caminhão da coleta. Falar mal da administração é fácil, cooperar parece ser bem mais difícil. Fica a dica!  
Divulgue

Poste um comentário: