Menu do Site

Pai e filha perdem prova do Enem por dois minutos em São Paulo


Por causa de dois minutos, Irmar Rodrigues Oliveira, de 54 anos, e Ananda Pereira Oliveira, de 18, perderam a oportunidade de fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), neste sábado. Os dois pegaram o ônibus em Parada de Taipas, zona norte de São Paulo, às 12h20 e chegaram às 13h02 na Barra Funda. Pai e filha fariam a prova em busca de vagas em universidade federal. Os portões do primeiro dia foram fechados pontualmente às 13h.


Assim que viram que o portão da Universidade Uninove, na Barra Funda, foi fechado os dois começaram a chorar sentados na calçada. Ananda não conseguia falar, estava aos prantos inconformada. O pai só conseguiu lamentar o ocorrido. "Eu estou assim porque isto é tudo para ela", disse o pai.


Ananda acabou de fazer 18 anos, trabalha em uma empresa e faz cursinho pré-vestibular na Poli e faculdade de engenharia civil, numa universidade particular. "Ela conseguiu uma bolsa parcial, mas agora quer ir para a federal", disse o pai. Irmar é empresário, trabalha com construção civil e também pretendia conseguir uma vaga no curso de engenharia. 


Divulgue

Poste um comentário: