Menu do Site

Sonho do Porto Seco é adiado por tempo indeterminado


E o sonho dos sobralenses, em especial do prefeito Veveu Arruda, de ver um porto seco instalado em nosso município foi adiado por tempo indeterminado pela presidente Dilma Rousseff, que resolveu suspender a concessão de dezoito portos secos – áreas longe dos portos marítimos em que produtos são inspecionados e liberados pelo governo – dadas pela Receita Federal desde abril. A decisão foi tomada por Dilma Rousseff na reunião com os líderes governistas no Senado, após uma reclamação do senador amazonese Eduardo Braga.


(com informações da Veja Online, por Lauro Jardim)
Divulgue

Poste um comentário: