Menu do Site

O calendário mais antigo do mundo, na Escócia

Um grupo de pesquisadores britânicos descobriu em um campo de Aberdeenshire, na Escócia, o calendário lunar mais antigo do mundo encontrado até os dias de hoje, datado em aproximadamente 10 mil anos. Trata-se de um anuário baseado em uma série de 12 buracos, que representam as fases da lua e os meses lunares.        
O primeiro dos 12 buracos foi descoberto em 2004, um ano depois do início das escavações na área, e, deste então, os arqueólogos começaram a suspeitar de que poderia haver outros buracos e que eles poderiam ter algum tipo de relação entre si.
 

Assim que o buraco de número 12 foi encontrado, o que teria completado o calendário, a equipe de pesquisadores liderada por Richard Bates, da Universidade de St. Andrews elaborou um artigo, publicado pela revista Internet Archeology, em que explica que a “evidência sugere que as sociedades de caçadores e coletores ,na Escócia tinha a necessidade e também a sofisticação de medir o tempo ao longo dos anos e, assim, corrigir o desvio da temporada do ano lunar”. Este antigo calendário foi construído 5 mil anos do que os primeiros calendário oficialmente reconhecidos, que foram encontrados no Oriente Médio.  

Fonte: History Channel 
Divulgue

Poste um comentário: