Menu do Site

Trabalhadores da Chesf no Ceará entram em greve por tempo indeterrminado


Os trabalhadores da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) no Ceará iniciaram, nesta segunda-fira, uma greve por tempo indeterminado. A mobilização, aprovada em assembleias realizadas no interior e na capital no dia 13 de julho, segundo a categoria, é uma resposta à postura do Sistema Eletrobras, que, nesta campanha salarial, tenta reduzir benefícios para os futuros trabalhadores da holding.


As rodadas de negociação com a holding começaram em maio e seguiram até o dia 4 de julho, quando a empresa, mais uma vez, decepcionou a categoria ao apresentar uma proposta inferior às reivindicações. A proposta econômica oferecida pela Eletrobras não prevê ganho real para os trabalhadores, já que o reajuste salarial oferecido é de 6,49% (corresponde à variação do IPCA), porcentagem que também vale para os benefícios.
A proposta da Eletrobras renova todos os benefícios econômicos e sociais do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2013/2014, mas apenas para os atuais empregados. Segundo a empresa, os benefícios para os futuros trabalhadores seriam discutidos posteriormente. A proposta, no entanto, foi rechaçada pelos sindicatos, que observam a intenção da empresa de dividir a categoria e cortar benefícios.
As principais reivindicações dos trabalhadores são: melhorias no Plano de Cargos e Remuneração, abono salarial, ganho real de 3% e renovação do ACT para atuais e futuros empregados. Com o tema “É a nossa energia que ilumina o Brasil”, a campanha salarial dos eletricitários teve início em abril deste ano com a apresentação das pautas do Acordo Coletivo dos Trabalhadores (ACT) 2013/2014.
(Com Sindicato)

Fonte: Blog do Eliomar
Divulgue

Poste um comentário:


Desenvolvido Por Agência Digital Pro Code