Menu do Site

Fortaleza vence o Treze de virada e assume vice-liderança provisória no grupo A


Fortaleza venceu, neste sábado (27) o Treze (PB) por 3 a 2, de virada, no estádio Presidente Vargas.

Assisinho marcou dois gols que ajudaram vitória do Tricolor de Aço Foto: Lucas de Menezes

Com dois gols de Assisinho e um de Waldison, o Tricolor de Aço superou a equipe paraibana que saiu na frente com Rodrigo Celeste e fez 2 a 1 com Anderson Paim. 

Todos os cinco gols da partida foram marcados no segundo tempo. Com o resultado, o Leão do Pici foi aos 13 pontos e ocupa provisoriamente a vice-liderança do grupo A da Série C do Brasileirão.

Já o Treze segue na 9ª colocação, com apenas 4 pontos e abrindo a zona de rebaixamento.Outros quatro jogos acontecem no domingo.

Primeiro tempo morno
No primeiro tempo, o Fortaleza jogou melhor, mas foi pouco objetivo.

As melhores chances aconteceram com Guaru, aos 8 minutos, em cobrança de escanteio quequase resultou em gol olímpico e com Esley que aos 33 minutos chutou de fora da área em direção ao gol e fez a bola passar raspando pelo travessão. 

Já a melhor chance do Treze, na primeira etapa surgiu após lançamento longo de Anderson Paim que obrigou o goleiro João Carlos a dar um grande salto para defender. 

Na parte disciplinar, poucas faltas foram anotadas e apenas um cartão amarelo foi exibido, para o zagueiro trezeano Negretti, que parou de forma brusca, o contra-ataque rápido puxado pelo atacante Assisinho.

Segundo tempo elétrico
Se o primeiro tempo teve poucas chances de gol, a segunda etapa do confronto entre o Leão do Pici e o Galo da Borborema foi totalmente diferente.

Já no primeiro minuto, Treze e Fortaleza se alternaram em contra-ataques perigosos. Aos 4 minutos, o goleiro tricolor João Carlos teve que fazer grande defesa em chute de Rodrigo Celeste. Dois minutos depois foi a vez do zagueiro Charles salvar o Leão dos ataques de Túlio Renan e Hudson.

Mas aos 7 minutos, a equipe paraibana, que já era melhor na partida, abriu o placar comRodrigo Celeste. O jogador aproveitou o rebote do cabeceio do zagueiro Negretti e não deu chance para o guarda-metas do Fortaleza.

Depois do susto, aos poucos o Tricolor de Aço reequilibrou a partida. Aos 15 minutos, após lance confuso, onde os atletas leoninos ficaram pedindo pênalti, o árbitro maranhense Paulo Moreira marcou falta na entrada da grande área. Assisinho cobrou com perfeição para empatar.

Mas em dois minutos, o atacante do Fortaleza quase passou a vilão do jogo ao entrar faltosamente. Anderson Paim cobrou ainda melhor que Assisinho e colocou a bola por cima da barreira do Leão, sem deixar possibilidade de defesa para João Carlos.

Reação após substituições

Mesmo ficando novamente atrás do marcador, o Fortaleza não desanimou e depois de duas substituições feitas pelo técnico Hélio dos Anjos a equipe melhorou de rendimento.

Tanto que aos 25 minutos, o time conseguiu achar um pênalti. Jackson Caucaia foi derrubado por Anderson Paim, repetindo o curioso fato do autor do gol anterior ser culpado pelo gol rival seguinte.

Assisinho foi para a cobrança e o goleiro Cléber, do Treze, defendeu, mas no rebote o atacante tricolor empatou novamente a partida.

Três minutos depois, Waldison, o estreante da tarde, aproveitou lançamento em velocidade, driblou o goleiro trezeano e desempatou o jogo. 

Assisinho ainda se envolveu em discussão com jogadores do Treze, mas o jogo caminhava aparentemente de forma tranquila para a vitória do Fortaleza.

Mas nos cinco minutos finais, a equipe paraibana voltou a levar pressão e forçou João Carlos a fazer grandes defesas e garantir o triunfo do Leão.
Divulgue

Poste um comentário: