Menu do Site

Diretores do Guarany de Sobral lavam roupa suja no Programa Bate Bola da Rádio Caiçara

Diretores do Guarany de Sobral - briga - 2

Durou pouco tempo a união entre os componentes da diretoria do Guarany de Sobral.
Na tarde dessa terça-feira, o vice-presidente Veras, o médico e conselheiro de finanças Erivaldo Mororó e o diretor de marketing Hélio da Farmácia participaram de um reunião com o presidente do clube, Valdenir Coelho. O motivo do encontro foram as queixas feitas pelo trio de diretores sobre o comportamento do tesoureiro do clube, Lúcio Gadelha.
O trio acusou o tesoureiro de usurpação de poder. Para eles, Gadelha tem tratado assuntos importantes de forma arbitrária e autoritária. O estopim teria sido a dispensa do zagueiro Bebeto, que aconteceu ontem à tarde, sem o conhecimento do presidente do Bugre, segundo afirmaram os diretores. Após três horas de reunião, eles deixaram claro que não havia clima para uma convivência saudável com o tesoureiro e pediram a exoneração de Gadelha da diretoria do Guarany.
À noite, outra reunião aconteceu. Desta vez estiveram presentes o presidente Valdenir Coelho e os demais membros da diretoria do clube. O presidente ouviu os companheiros e propôs calma antes de uma tomada de decisão.

Diretores do Guarany de Sobral - briga - 1

O médico Erivaldo Mororó concedeu entrevista no programa Bate-Bola, da rádio Caiçara AM. Além de comentários sobre a reunião com o presidente do Bugre, da qual havia participado mais cedo, o médico fez vários relatos para justificar a acusação de que o tesoureiro Lúcio Gadelha havia passado a se sentir dono do clube. Para ele, Gadelha toma decisões por contra própria sem o consentimento dos outros membros da diretoria, comprometendo assim o planejamento do clube.
Depois de ouvir a entrevista do médico, Lúcio Gadelha foi até o estúdio da emissora para dar sua versão. Ele foi acompanhado do diretor de futebol, o vereador Hermenegildo Sousa Neto e do diretor de Marketing Eugênio Paccelli. Durante o debate o clima ficou tenso e por várias vezes o apresentador do programa, Marcos Mesquita, teve que pedir calma aos diretores.
Ao final do programa, Mororó falou em nome de Hélio da Farmácia e do vice-presidente Veras, que apesar de estar presente, evitou conceder entrevista. O médico informou que nesta quarta-feira o trio irá apresentar o pedido de licença ao presidente Valdenir Coelho.
Hermenegildo lamentou a posição dos colegas e afirmou que os demais diretores irão trabalhar duro para suprir as ausências e garantiu que os problemas externos não vão atingir o rendimento do time dentro de campo.
O Guarany é o terceiro colocado no grupo A3 da Série D nacional. Em quatro partidas o time acumula três empates e apenas uma vitória, conquistada no último sábado contra o Central de Caruaru, no estádio do junco. O time só voltará a campo no dia 4 de agosto para enfrentar o próprio Central, no estádio Lacerdão, em Caruaru, pela sétima rodada da competição nacional.

Fonte: Portal Sobral na Midia
Divulgue

Poste um comentário: