Menu do Site

No Ceará, parte de água distribuída em carros-pipa está contaminada


28 cidades recebem água contaminada de carro-pipa (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)28 cidades recebem água contaminada de carro-pipa (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)
Relatório elaborado por técnicos da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) destacou que parte da água distribuída por carros pipa no interior do Ceará é inadequada para consumo. De acordo com o documento, 381 amostras de água, de 28 municípios, foram examinadas e, em 42% delas, foram encontrados coliformes fecais e parasitas que causam infecções.
De acordo com o relatório da Sesa, "o abastecimento ocorre sem um plano mínimo de amostragem com análise de cloro residual livre em cada carga e uma análise, na fonte de fornecimento, de cor, turbidez, pH, e coliformes totais". 
Segundo o relatório, 152 municípios utilizam carro-pipa no Ceará. Mas, deste total, apenas 28 usam veículos cadastrados no Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Sisagua), programa que monitora a qualidade da água para uso humano. Como os caminhões fazem uso de bomba de sucção nos mananciais,
sedimento e impurezas vão para dentro do tanque. A água é distribuída às comunidades sem passar por nenhum processo de filtragem, acaba se revelando imprópria para o consumo humano.
Os dados foram divulgados na tarde de quinta-feira (16) durante reunião entre a Sesa e o Ministério Público Federal no Ceará (MPF-CE). As informações foram pedidas pelo procurador regional dos Direitos do Cidadão, Alexandre Meireles Marques, que preside um inquérito civil público que apura como vem sendo feito o abastecimento de populações em municípios afetados pela seca. Atualmente, 858 carros-pipa atendem os municípios cearenses.
De acordo com a Sesa, o trabalho de atualização e acompanhamento da qualidade da água esbarra em dificuldades, como a falta de dados por parte dos municípios, Defesa Civil e Exército. Mas as informações já disponibilizadas pela secretaria relativas às 381 amostras dão uma noção da gravidade do problema.
O relatório da Sesa aponta, ainda, algumas ações efetivas para garantir a qualidade da água distribuída pelos carros-pipa. Entre as ações está a adoção, por parte da Operação Carro Pipa, da ordem prioritária para abastecimento dos veículos: sistema de abastecimento público: mananciais subterrâneos (com desinfecção) e por último, mananciais superficiais (com filtração e desinfecção prévios); e a  aquisição de estações de tratamento móvel ou compactas capazes de garantir o objetivo da operação que é distribuir água potável para as comunidades afetadas pela seca.
.
Municípios com água analisada
Araripe
Arneiroz
Capistrano
Canindé
Caridade
Crato
Deputado Irapuan Pinheiro
Hidrolândia
Ipu
Ipueiras
Itaiçaba
Itatira
Jaguaretama
Lavras da Mangabeira
Limoeiro
Morada Nova
Nova Russas
Ocara
Palhano
Palmácia
Parambu
Potiretama
Quiterianópolis
Redenção
Santana do Cariri
Tabuleiro do Norte
Tauá
Divulgue

Poste um comentário:


Desenvolvido Por Agência Digital Pro Code