Arquivo do blog

Menu do Site

Preso terceiro suspeito de envolvimento em morte de radialista

a boa amigão
Foi preso nesta quarta-feira (20) o terceiro envolvido na morte do radialista Gleydson Carvalho. Daniel Lenon Almada, 31, não possuía antecedentes criminais e estava escondido na casa de parentes, no município de Martinópole, a 334 km de Fortaleza.
Segundo informações divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o rapaz é suspeito de ter fornecido a motocicleta, uma Yamaha de cor preta, usada na fuga da dupla responsável pelo crime. A moto foi localizada dias depois, em Tucunduba, município de Marco.
Ainda conforme a SSPDS, Daniel foi conduzido à Delegacia Metropolitana de Camocim. O suspeito nega as acusações.
Assassinato
Gleydson foi morto a tiros no dia 6 de agosto, enquanto trabalhava em uma rádio de Camocim. Dois homens chegaram em uma moto de cor branca alegando que desejavam fazer um anúncio na emissora, e, ao entrarem no local, efetuaram os disparos.
Mensagens no aplicativo de WhatsApp do radialista revelaram que a vítima vinha sofrendo intimidações. A motivação do crime seria em retaliação à denúncias que o radialista fazia em seu programa.
Suspeitos
A dupla suspeita de efetuar o assassinato ainda não foi encontrada. De acordo com a SSPDS, a Polícia identificou os suspeitos como Thiago Lemos da Silva, 22, e um homem conhecido como “Baixinho”. Thiago seria o autor dos disparos, e “Baixinho” seria o piloto da moto.
Além de Daniel, um casal já foi preso, acusado de dar apoio aos homicidas, ao ter alugado o local descoberto como esconderijo da dupla. As buscas pelos dois, e outros possíveis suspeitos de terem colaborado com o crime, continuam.
Fonte: O POVO.
Share

Poste um comentário: