Menu do Site

SOBRAL-CE: Adolescente de 14 anos viaja com o namorado e morre com um tiro de espingarda

 
Uma adolescente de 14 anos identificada como Janaira Lira foi morta com um tiro de espingarda durante uma viagem com a família do namorado na cidade de Sobral, no Ceará. De acordo com a família, a menina que mora na Vila Irmã Dulce, em Teresina, saiu com destino a cidade de Luís Correia, porém de lá se deslocaram até a cidade cearense.
Segundo a família do rapaz, o tiro foi acidental. A espingarda estava colocada no armador da rede e por cima do objeto se encontrava uma toalha, a jovem que estava deitada na rede, levantou para colocá-la de forma correta, e ao mexer no armador a espingarda disparou, matando a adolescente com um tiro na cabeça.
A família de Janaira aguarda o resultado da perícia que foi feita no local e tenta acreditar que o caso foi um acidente. “Minha filha saiu daqui para Parnaíba, eu nem sabia que eles iam para o Ceará, mas foram para lá na casa da família do pai do namorado dela. Chegando lá eles foram para um interior e os dois foram para o terraço deitar em uma rede, só que antes de eles chegarem o dono da casa tinha limpado uma arma e tinha colocado no armador com uma toalha por cima. Quando eles perceberam que o punho da rede estava quase caindo minha filha levantou e foi arrumar, quando ela puxou a arma caiu e disparou para cima”, afirmou a mãe da jovem.
“Me disseram que ela tinha sofrido um acidente, eu não estava entendendo. Já vim saber que minha filha tinha morrido em Piripiri quando estava indo no encontro dela. Eles levaram ela para o hospital ainda com vida, mas ela não resistiu e morreu em Sobral. Eu cheguei lá, fui no IML liberar o corpo dela, fui na delegacia perguntei para o delegado se foi aberto o inquérito porque eu não posso dizer se tem alguém culpado porque eu não estava lá para ver, eu só posso dizer se tem alguém culpado depois do laudo da perícia”, disse.
A mãe de Janaira relatou ainda que a convivência da filha com a família do jovem era muito boa. “A mãe dele veio buscar minha filha aqui em casa, ela dizia para todo mundo que tinha uma segunda filha. Ela viajou com a minha autorização, os pais dele vieram aqui me pedir para levar ela e eu deixei, então eu creio que não foi eles. Minha filha saiu muito alegre que ia passar o final de semana no litoral e chegou no caixão”, afirmou ela bastante emocionada.
De acordo com o pai de Janaira, a jovem já tinha engravidado do adolescente e ele era muito ciumento no relacionamento, a mãe confirmou o caso. “Há 3 meses ela perdeu um bebe de cinco meses dele, mas eu perguntei o medico e foi um aborto espontâneo. Os dois eram ciumentos, mas não exagerado, não tinha muitas brigas. Ele jamais tiraria a vida da minha filha por ciúme, eu como mãe, acredito que não foi ele”, finalizou.
Fonte: Meio Norte
Share

Poste um comentário: