Arquivo do blog

Menu do Site

Mãe de italiana morta em Jericoacoara diz não ter vergonha do Brasil e diz que filho será voluntário nos jogos Rio-2016

Mãe de italiana morta no Ceará virá ao Brasil em 2016 (FOTO: Arquivo pessoal)
“Estamos em boas mãos e logo o responsável será levado à Justiça para que ele não traga mais danos”. A declaração é de Valentina Carraro – mãe da italiana Gaia Molinari, morta em na Praia de Jericoacoara – em declaração no Facebook.
A mãe de Gaia publicou a mensagem em sua rede social em resposta a uma brasileira, que chegou a comentar que estava com vergonha do crime no Brasil. “Mas não tenha vergonha de seu país, que poderia acontecer em qualquer lugar, não tem nada para o Brasil em tudo isso”, amenizou Valentina.
Como prova de que não há ressentimentos com o Brasil, ela ainda revelou que Mateus, irmão de Gaia, vai ser voluntário nos Jogos Olímpios do Rio de Janeiro em 2016. E Valentina estará presente.
Funeral
A mãe também publicou em seu perfil que o funeral da filha tem data marcada para próximo sábado (17). O evento ocorrerá na Igreja de Rivalta, na província de Piacenza, cidade natal, às 10h30. O evento somente pode ser agendado para tal dia por causa da demora no translado do corpo para a Itália. Após 17 dias no Ceará, corpo foi liberado para a viagem na última segunda-feira (12).
Morte
Gaia foi encontrada morta no dia 25 de dezembro de 2014 na Praia de Jericoacoara, próximo ao ponto turístico da Pedra Furada. A italiana vestia biquíni e estava com mochila nas costas. A carioca Mirian França viajou com a estrangeira para a praia e foi presa sob suspeita de participar da morte. Segundo a polícia, Mirian mentiu durante a investigação.
Gaia foi morta por asfixia mediante estrangulamento, de acordo com o laudo da necrópsia realizado no Instituto Médico-Legal de Sobral. Ela apresentava lesões na cabeça e arranhões pelo corpo.
Share

Poste um comentário: