Arquivo do blog

Menu do Site

Assaltante de banco e cartãozeiro levava uma vida normal em Sobral

"Eu tinha certeza que nunca seria descoberto aqui"
Essa foi a palavra do acusado quando recebeu voz de prisão em sua residência em Sobral.


Depois de quatro meses de investigação, segundo o Coronel Lyndon Johnson, comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar de Sobral, o serviço de inteligência da corporação, localizou Antônio José da Silva Cardoso 39, natural de Crateús. O assaltante de banco e cartãozeiro estava levando uma vida normal no bairro Renato Parente, no Norte de Sobral, cidade distante 230km de Fortaleza.

Capote, como é conhecido pela polícia, estava em casa com esposa e filha quando a polícia chegou para cumprir um mandato de prisão. Contra ele pesa três mandatos, sendo dois do município de Acopiara e um de Independência. 

Ainda segundo o Coronel Johnson, além de ser suspeito pela morte de um policial durante um assalto a banco em 2010 no município de Catarina, Capote também é cartãozeiro e responde dois 157, um 180, um 304, 171, 155 e um artigo 14.

O acusado declarou que não esperava ser encontrado em Sobral, onde esta morando há cinco anos, ele alega que não é assaltante de banco e que não participou da morte do Policial em Acopiara. Ele se mostrava preocupado com a sua imagem e disse ter vários amigos na polícia que vão ficar surpresos com a sua prisão. 

Via Sobral In Foco








Share

Poste um comentário: