Arquivo do blog

Menu do Site

Morte de familiar tira Luiz Felipe Scolari do segundo dia de treinos da seleção na Granja Comary


Um incidente tirou o técnico Felipão do segundo dia de treinamentos da seleção brasileira na Granja Comary. O cunhado do treinador (Nei Canabarro Maia, marido da irmã Cleonice), que sofria de câncer, morreu, e Scolari viajou às pressas para Porto Alegre, para o enterro. Ele tinha 67 anos. O velório será na cidade de Canoas por volta das 15h, no cemitério São Vicente.
O treinador da seleção, obviamente, ficou muito abalado com a notícia. Ele já está na capital do Rio Grande do Sul e deve voltar ainda nesta terça-feira (a chegada está prevista para o fim da noite) para Teresópolis.
O treinador recebeu a notícia durante o jantar de segunda-feira. Se recuperou e foi para o Rio de Janeiro ainda na parte da noite. Dormiu em um hotel e por volta de 9h desta terça viajou para Porto Alegre.
Por conta do incidente, Felipão não fez a reunião de primeiro dia planejada com os jogadores. Ele conversaria sobre os trabalhos que serão feitos na Granja Comary ao longo da preparação.
A assessoria de imprensa da CBF não quis passar muitos detalhes do caso, mas confirmou que o técnico volta nesta terça-feira para o centro de treinamento.
A ausência de Felipão não afetou o treinamento dos jogadores da seleção brasileira nesta terça. Os goleiros Julio Cesar, Victor e Jefferson trabalharam pela primeira vez no campo.
A rotina dos jogadores da seleção brasileira começou cedo. Às sete da manhã, o grupo iniciou uma bateria de exames no centro de treinamento da Granja Comary, onde ocorre a preparação para a disputa da Copa do Mundo.
Na sequência, os jogadores fizeram exercícios na academia da Granja e alguns não conseguiram esconder a preguiça nos trabalhos, ainda mais por causa da baixa temperatura em Teresópolis, de cerca de 18 graus. Foi o caso de Neymar, que em alguns momentos bocejou, entre uma atividade e outra nos aparelhos.

(g1.com)
Share

Poste um comentário: