Arquivo do blog

Menu do Site

Polícia Civil divulga foto do suspeito de acender rojão que atingiu cinegrafista



RIO - A Polícia Civil divulgou nesta terça-feira uma foto de Caio Silva de Souza, de 23 anos, suspeito de acender o rojão que atingiu o cinegrafista da Bandeirantes Santiago Ilídio Andrade. Policiais da 17ª DP (São Cristóvão) fazem buscas em vários pontos do estado para cumprir o mandado de prisão temporária contra o jovem, expedido na noite de segunda-feira pela Justiça. Segundo a polícia, ele é morador de Nilópolis, na Baixada Fluminense.
Caio tem duas passagens pela polícia, como envolvido em ocorrências de tráfico de drogas: uma na 53ª DP (Mesquita) e outra na 56ª DP (Comendador Soares), mas não tem anotações criminais. Ambos os procedimentos são de 2010. Segundo a assessoria da Polícia Civil, ele estava próximo ao local onde foram encontradas drogas. Depois de prestar depoimento, o suspeito foi liberado.
De acordo com o titular da 17ª DP, Maurício Luciano Almeida, Caio e o tatuador Fábio Raposo vão responder a crime de homicídio doloso qualificado pelo uso de explosivo e crime de explosão. O cinegrafista teve morte cerebral anunciada na manhã de segunda-feira.

Velório de cinegrafista será realizado no Memorial do Carmo

De acordo com o Programa estadual de Transplantes, o fígados e os rins de Santiago já foram transplantados. No entanto, a identidade das pessoas que receberam os órgão é mantida sob sigilo, conforme determina a lei. As duas córneas já estão no banco de olhos e em breve estarão disponíveis para transplantes.
O velório de Santiago está marcado para esta quinta-feira, das 7h às 11h, no Memorial do Carmo, no Caju. O corpo do cinegrafista será cremado.

Fonte: O Globo RIO
Share

Poste um comentário: