Arquivo do blog

Menu do Site

Instalação de novos semáforos passa por justificação técnica

Com uma frota estimada em cerca de 70.000 veículos, a cidade de Sobral já possui certa dificuldade em aliviar o tráfego, em alguns pontos que chamam atenção, quando o assunto é circulação constante de veículos e pessoas. A travessia em alguns desses locais é o que tem chamado mais atenção, daí a necessidade de serem tomadas certas medidas técnicas, sendo a instalação de semáforos, uma delas.
 

A implantação de semáforos em um ponto, cruzamento ou em uma área, deve ser justificada por dados técnicos que viabilizem a sua colocação, sendo eles: ofertar segurança aos usuários das vias, minimizando os acidentes; se a soma da demanda de veículo nas aproximações for superior a 1.000 veículos/hora; se a demanda de pedestre for constante, principalmente nas horas de pico; problemas de visibilidade devido à geometria ou topografia da via, além de outras justificativas importantes apontadas pelas equipes de engenharia de trânsito.
 

De acordo com o secretário da Cidadania e Segurança, Pedro Aurélio Ferreira Aragão, os novos semáforos, a serem instalados, além de se condicionarem aos itens exigidos, também estão inseridos no projeto que ampliará a oferta de transporte urbano na cidade, na rota de ônibus do SITRANS.
 

Para o secretário, "há de se admitir que alguns bairros de Sobral já superam a população de muitos municípios, portanto, estima-se que tenham mais de 10.000 veículos, onde as vias principais necessitam de intervenções da engenharia de trânsito. Neste contexto foram contemplados com a implantação dos semáforos, os bairros: Sinhá Sabóia, Alto do Cristo, Cohab III, Sumaré, Cidade Dr. José Euclides e Domingos Olímpio. A Engenharia de Trânsito visa ofertar segurança, fluidez e disciplina, proporcionando uma melhor qualidade de vida no sistema viário da cidade de Sobral, que é o objetivo maior do Prefeito Veveu", concluiu o secretário.
Share

Poste um comentário: