Arquivo do blog

Menu do Site

No CE, auditoria constata sumiço de aparelhos no Hospital de Sobral


Uma auditoria do Ministério da Saúde no Hospital de Sobral, no norte do Ceará, constatou a inexistência de aparelhos comprados pelo Governo do Estado avaliados em cerca de R$ 1 milhão. A auditoria foi solicitada pelo Ministério Público Federal no Ceará. Segundo o procurador da República Oscar Costa Filho, foram comprados R$ 25 milhões em equipamentos, parte deles está sem uso e vários sequer foram encontrados. O hospital foi inaugurado com um show de R$ 500 mil da cantora Ivete Sangalo em janeiro deste ano e, um mês depois, a marquise do prédio desabou.
Oscar Costa Filho, que acompanhou a vistoria em maio, informou que técnicos do ministério não localizaram 13 ventiladores pulmonares, dois aparelhos de raio-x, um equipamento de anestesia e outro, de auxílio a cirurgias. “Os equipamentos que conseguimos identificar, todos estavam jogados dentro de um almoxarifado do hospital. Totalmente sem uso e sem previsão para funcionar. Ou seja, o governo do Estado comprou os equipamentos e por irresponsabilidade não está colocando para serem usufruidos pela população”, disse.
Para ele, o Hospital Regional Norte (HRN) foi inaugurado sem ter condições plenas de funcionar. “Estamos apurando o caso e vamos descobrir porque esse R$ 1 milhão não foi usado. O Ministério da Saúde já soube do problema e pediu o ressarcimento do dinheiro ao governo do Estado. O hospital foi inaugurado com aquele show da Ivete Sangalo sem ter condições de funcionar. Os aparelhos que encontramos no almoxarifado abandonados não estão sendo usados porque a unidade hospital não possui espaço suficiente para abraçar os equipamentos. E por que compraram? É esse o nosso questionamento", afirmou.
Secretaria
A Secretaria da Saúde do Estado informou que o titular da pasta, Ciro Gomes, vai vistoriar o hospital neste sábado acompanhado por representantes do Ministério da Saúde e verificar todos os equipamentos.
A secretaria diz que equipamentos do Hospital Regional Norte foram adquiridos com recursos do Fundo Nacional de Saúde e do Tesouro do Estado.
''Os equipamentos, na totalidade, estão dentro do hospital. Estão em uso, com exceção do estoque reserva, estratégia de planejamento para evitar descontinuidade de algum serviço diante da necessidade de substituições, e da área de obstetrícia do Centro de Apoio à Saúde Reprodutiva da Mulher'', diz a nota da secretaria.
Segundo a secretaria,  até o fim de outubro, todos os setores do hospital vão estar em funcionamento, após a abertura da área de obstetrícia a todas as pacientes que necessitem de atendimento especializado.  Em 30 de setembro, os leitos de UTI da neonatalogia e 30 berçários de médio risco passaram a funcionar no Centro de Apoio à Saúde Reprodutiva da Mulher.
Inauguração
O Hospital Regional de Sobral foi inaugurado no dia 18 de janeiro de 2013. Segundo publicação no Diário Oficial, a cantora Ivete Sangalo recebeu cachê de R$ 650 mil para o show de inauguração. O alto valor gerou polêmica no estado.
O governador Cid Gomes defendeu a festa. O Ministério Público de Contas questionou o preço, mas o Tribunal Contas do Ceará (TCE) não detectou irregularidades. O Ministério Público Federal chegou a pedir na Justiça que o governador devolvesse o valor do cachê próprio bolso. Um mês depois do show, a marquise do hospital desabou. De acordo com os bombeiros, chovia no momento e duas pessoas que estavam trabalhando no local ficaram feridas e foram levadas para a Santa Casa de Sobral.
Foto: Ivanésio Filho
Fonte: G1
Share

Poste um comentário: