Arquivo do blog

Menu do Site

Trecho da obra de transposição do Rio São Francisco no Estado tem obras autorizadas

O Ministério da Integração assinou ordem de serviço para construção de três barragens no Ceará
Trecho mais atrasado da obra de transposição do Rio São Francisco, a chamada Meta 2N (Norte), que inclui o Ceará, teve mais uma ordem de serviço assinada pelo Ministério da Integração Nacional. Totalizando investimentos de R$ 442,7 milhões, os trabalhos autorizados são para construção de novos reservatórios nos municípios cearenses de Jati e Brejo Santo. A previsão era de que a ordem de serviço deste e de todos os demais saldos remanescentes de obras saísse ainda março passado, mas, até o momento, ainda há trechos paralisados, inclusive no Estado.

O projeto ainda possui, entretanto, um lote paralisado há 15 meses no Ceará, localizado em Mauriti, e que espera conclusão de licitação Foto: divulgação

De acordo com o ministério, serão construídas três barragens nestes dois municípios. Até o mês passado, o percentual de execução deste trecho, que teve suas obras iniciadas somente em dezembro do ano passado, estava em 15%. Entretanto, para tentar reduzir este atraso, as atividades do município de Jati estão sendo realizadas em regime de 24 horas, assim como outras frentes em Salgueiro (PE), Cabrobó (PE) e em São José de Piranhas (PB).

Além deste trecho, o ministério informou que foram assinadas também, neste mês, outras duas ordens de serviço, desta vez no Eixo Leste (Metas 1L e 2L), envolvendo recursos de R$ 347,9 milhões. As obras ocorrerão nos municípios pernambucanos de Betânia, Custódia, Floresta, Petrolândia e Sertânia. Com isso, as três ordens firmadas totalizam um investimento de R$ 790 milhões e criarão mais de mil postos de trabalho. Ao todo, já são dez ordens de serviços emitidas para o projeto de transposição neste semestre.

15 meses paralisado
Localizado no município cearense de Mauriti, o chamado Lote 6, que fica na Meta 3N (Norte), já se encontra há 15 meses paralisado. De acordo com a assessoria de imprensa do ministério, o lote está em processo de licitação, e fase de análise de proposta.

Quando anunciou uma nova fase nas obras do empreendimento, em fevereiro passado, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, informou que até o fim de março haveria a conclusão de todas as contratações para o projeto, inclusive a de Mauriti.

Já no mês passado, a assessoria de imprensa do Ministério afirmou que a data havia sido reprogramada para o fim daquele mesmo mês.

Até o momento, entretanto, dois lotes ainda estão paralisados. Junto com o trecho de Mauriti, está o Lote 7, em São José de Piranhas (PB), que será retomado com a conclusão do processo licitatório da Meta 3N.

São, ao todo, 16 lotes, sendo que dois estão concluídos: Canal de Aproximação dos eixos Norte e Leste. "A complementação do Lote 12 - saldos remanescentes de obras do contrato em andamento - será realizada pelas empresas ganhadoras do processo licitatório da Meta 3L, em fase de conclusão", acrescentou o ministério. O lote fica em Sertânia, em Pernambuco. O projeto de São Francisco tem previsão de conclusão em 2015.

Fonte: Diário do Nordeste
Share

Poste um comentário: